Os 13 porquês 
Autor: Jay Asher
Editora Ática, 2009
244 páginas
Genero: Drama
Sinopse: Para Clay Jensen, as fitas cassete gravados por Hanna Baker não têm nada nada a ver com ele. Hanna está morta. E seus segredos dever ser enterrados com ela.
Só que a voz de Hannah diz a Clay que o nome dele está em sua história dessas fitas e que ele, de alguma maneira, é responsável por sua morte. Tomado por espanto, angústia e muito medo, Clay permanece escutando as gravações madrugada afora. Ele segue as palavras de Hannah pelas silenciosas ruas de sua cidade... e o que descobre muda sua vida para sempre.  
--------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------
                     
                       Experiências da Nat ;)

Acho (ACHO NÃO, com certeza) esse foi o livro mais difícil de comprar de toda minha história de compradora de livros. Sério, foram mais de 2 anos de procura incansável, e era aquelas, quando eu tinha didim eu não achava o bendito e quando eu achava ele não tinha dinheiro. Oh sofrência. Mas em belo dia meu namorado (lindo) me deu ele, e foi uma sensação de sonho realizado!
Por esse motivo (achou que minha história dramática não ia ter proposito não é?) eu estava com expectativas elevadissímas a respeito desse livro, e não foram tão correspondidas assim, mas pera que eu já explico.
Imagine você em um minuto lamentando pela morte precoce de uma colega de escola, e em outro descobre que você foi um dos motivos que a fez acabar com a própria vida. 
O que você faria? Escutaria seus motivos? Jogaria tudo fora? Ou fugia pras colinas? 
A única alternativa de Clay Jensen era escutar essas tais fitas, e mesmo que no começo ele achasse que se tratava de um engano, ou uma brincadeira de mau gosto, ele escuta todos os motivos de Hanna Baker, que estão gravados em 7 fitas cassetes, cada qual com seu lado, assim como a vida. E a cada uma delas Clay (e nós leitores) vamos vendo  os motivos se agravarem, e como um floco de neve pode se juntar e acabar como uma bola neve incontrolável. 
Enfim, Os 13 porquês, fala sobre luto, amizade, perda, depressão, bullying, baixa auto estima e culpa. 
--------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------
“Eu precisava tirar uma folga… de mim mesma.”
--------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------

O que eu mais gostei: De tudo, o que eu mais gostei foi a dinâmica do livro. Primeiro que cada capítulo é uma fita da Hanna, e cada fita é um motivo, ou seja, uma pessoa. Outra coisa legal é que esse livro tem dupla narrativa. A voz de Hanna e os pensamentos e ações de Clay, e também aparecem icônes de play/stop/pause o que é bem legal.
Outra coisa legal do livro e o mais importante, é sentir na pele duas perspectivas bastantes complicadas: a de quem deixa a própria vida e a de quem é deixado. 
Como eu nunca perdi ninguém próximo, eu não sei qual é essa sensação, então esse livro foi bom pra mim por isso também. E também que nos deixa mais atento pro tipo de sentimento que a Hanna sentia, e nos faz querer ajudar alguém nessa situação.
E uma surpresa boa é que no fim do livro tem um bate-papo com o autor, e ele dá lugares onde você pode pedir ajuda.
Sinceramente, devia ser leitura obrigatória nas escolas, já que o suicídio é muito recorrente na adolescência.
-------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------
"Vocês não têm a mínima ideia do que um pequeno ato pode fazer na vida das pessoas.
--------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------
O que menos gostei: O meu motivo de dar 3 laranjinhas é apenas  por não ficar tão emocionada quanto eu achei que ficaria, eu vi resenhas de pessoas que choraram rios 
com esse livro e eu nem um lágrima. Em contra partida, vendo os vídeos (sim, abemus vídeos) eu chorei que nem um bezerro desmamado. 
Sim, eu fiquei angustiada, nervosa, triste e sempre pensava "Hanna, pelo amor de Deus não faz isso" mas não adiantava né? 
E sinceramente eu fiquei bastante decepcionada com "as razões" dela, é um pouco pesado, mas não é o suficiente pra um suicídio, eu já tinha me preparado pro pior. 
Como eu disse láaa no comecinho, minhas expectativas eram altas demais. Mas isso é muito pessoal, pode ser que você tem uma opinião muito diferente.

------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------
“Ás vezes você precisa ficar em silêncio quando está completamente sozinho.”
---------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------

Bonus: Eu sei que normalmente não há videos em resenhas mas preciso mostrar isso: No site, http://www.thirteenreasonswhy.com/ tem as "fitas" da Hanna pra ouvir e além disso uma super campanha contra com o bullying. Clap Clap Jay Asher.

------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------
Quando você estraga uma parte da vida de alguém, você estraga a vida inteira da pessoa."
--------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------



Gente, eu super recomendo esse livro e acho que todo mundo deveria ler, seja você o pai ou o filho.
Mil beijos e até mais! 


Um Comentário

  1. Oi Amiga!
    Adorei seu post!Parabéns ♥

    Blog:http://michelimartins2929.blogspot.com.br/

    Canal: https://www.youtube.com/channel/UCB2EWS6UiPPpPa3TJKfhp_g

    ResponderExcluir

Oi laranjinha! Que bom que a gente vai conversar agora!
Seja legal e educado ok?
Mil beijos da Nat